Uma Iniciativa Febraban
Atualizado em: 25 nov 2019 às 07h e 57m

Black Friday para viagem

Como aproveitar os descontos para comprar passagens e estadias em hotéis sem entrar em frias


A Black Friday se consolidou como uma das principais datas do calendário do varejo no Brasil – e não é para menos. A cada edição, mais setores aderem ao evento e tentam fisgar o consumidor com promoções, algumas realmente boas e outras nem tanto. O mercado de viagens é um dos que têm conseguido aproveitar bem a ocasião. Praticamente todas as companhias aéreas e sites de vendas de passagens e pacotes de viagens participam da Black Friday que, em 2019, acontece no dia 29 de novembro.

Esta pode ser uma ótima oportunidade para antecipar a compra da viagem de férias do ano que vem e até, quem sabe, ainda dar uma esticadinha no final ou no começo do ano gastando muito menos. Para ser bem-sucedido nessa estratégia, contudo, é importante se planejar para aproveitar a ocasião sem entrar em frias.

Promoções chegam ao consumidor como atrativas luzes cintilantes que, muitas vezes, cegam a visão. Como sempre acontece nessas datas, há um bombardeio de comunicação sobre itens com descontos incríveis. No emaranhado de informações há de tudo: promoções realmente vantajosas e produtos vendidos pelo preço normal como se fossem mais baratos. Empresas sérias e bem-intencionadas, que respeitam o consumidor, e outras que sequer existem de verdade. Vendem, recebem o dinheiro e não entregam ou usam as ofertas para capturar dados pessoais.

Por isso, se você gosta de viajar e já está de olho na Black Friday, fique atento às dicas a seguir.


1. Defina alguns destinos de seu interesse e o período em que quer viajar. É quase impossível sentar no computador e olhar, de uma tacada só, todas as ofertas para passear no Brasil e no exterior. Então, concentre-se em dois ou três destinos para as datas em que pretende pôr o pé na estrada. Pode ser que no dia você encontre outro destino de seus sonhos por um preço arrasador e decida mudar de ideia. Mas não conte com isso de antemão.


2. Pesquise os preços antes. Como tudo estará em promoção, teoricamente, a dica é fazer uma pesquisa nos principais sites de viagens para ver os preços dos destinos que você escolheu nas datas em que deseja viajar. Anote esses valores e compare antes de comprar para ver se os descontos são para valer.


3. Defina o valor que pretende gastar. Seus projetos de vida podem ser um bom limite para você determinar o valor que irá gastar. Está guardando dinheiro para comprar um apartamento? Então, que tal conhecer lugares paradisíacos no Brasil em vez de escolher um destino pago em dólar ou euro no exterior? Definir um valor também pode evitar que você entre depois no rotativo do cartão e ou no cheque especial. Os juros destes créditos podem comer o desconto que você conseguiu, ou custar até mais.


5. Escolha os principais sites de viagens e compare preços. A diferença entre um fornecedor e outro pode ser grande por conta de acordos comerciais firmados com empresas aéreas e redes de hotelaria. Então, compare, compare e compare! Para não se perder entre as tantos sites de viagens, escolha três ou quatro dos quais já é ou foi freguês e confira os preços na hora em que for comprar.


6. Siga seu instinto.  Todo mundo conhece o ditado “quando a esmola é boa demais, o santo desconfia”. E já viveu aquela desconfiançazinha que surge logo que você vê algo por um preço impossível. Mesmo assim, muitas pessoas acabam deixando o instinto de lado e se deixam levar pela pressão do tempo ou medo de perder uma oportunidade. Fique de olho porque esse é um dos principais mecanismos de conquista que os fraudadores costumam adotar.


7. Pesquise a reputação. Empresas sérias usam mecanismos de segurança que garantem que você receba o que encomendou e a devolução do dinheiro caso ocorra algum problema. Para se garantir, pesquise a reputação da empresa em sites como o Reclame aqui e confira se ela tem algum selo ou certificação de segurança para venda online. Essa informação normalmente se encontra em um selo no rodapé do site. Verifique, também se o vendedor possui o selo Black Friday Legal 2019, fornecido pelo organizador da Black Friday.


8. Fique ligado. Tomadas as precauções anteriores, no dia do evento, acorde cedo porque as ofertas realmente boas podem se esgotar antes de você entrar no ar. Uma última dica: confira as promos de hotéis de campo e resorts próximos de onde você mora e não exigem viagem de avião, reduzindo o gasto total.




Matérias Relacionadas

Pretende fazer compras na Black Friday?

Gatilhos de consumo

Quer viajar no fim do ano? Não deixe para a última hora!