Uma Iniciativa Febraban

Confira as regras da matrícula escolar

Nesta edição do programa Meu Bolso em Dia no Verão, veiculado pela Rádio Beira Mar de Ubatuba, você fica sabendo como funcionam a rematrícula e a matrícula escolar.



Hoje vamos falar da rematrícula escolar. É importante conhecer as regras de cálculo da anuidade, de desistência, devolução de matrícula e inadimplência de mensalidade. Para o reajuste da anuidade, não existe um percentual fixo. O aumento deve levar em conta as despesas da escola, que precisam ser comprovadas. E só pode acontecer uma vez por ano. O valor da anuidade ou do semestre, em geral, é dividido em 6  ou 12 parcelas iguais. Nessa divisão, a soma das parcelas não pode ser maior que o total da anuidade ou do semestre. Ou seja, não podem ser cobrados juros ou outras taxas.

Se você tem mais de um filho na mesma escola, pode negociar um desconto na mensalidade do segundo filho. Quem está prestando mais de um vestibular e quer garantir a vaga na primeira faculdade que entrar, deve ficar de olho nas regras de devolução da matrícula. Às vezes, as escolas não devolvem o valor total. Em caso de atraso nas mensalidades, converse com a escola e tente negociar um acordo para quitar a dívida. A lei proíbe que as escolas segurem documentos de aluno inadimplente. O que elas podem fazer é não renovar a matrícula no final do semestre ou do ano letivo.

Leia a matéria completa: Rematrícula escolar. Veja também: Como bancar seus estudos na crise.



Matérias Relacionadas

Rematrícula escolar

Como bancar seus estudos na crise

Como garantir a educação dos filhos