Uma Iniciativa Febraban

Enfrentando o desafio de aprender a poupar

Veja os resultados da ação da FEBRABAN para incentivar o hábito de guardar dinheiro desde o início da vida profissional


O concurso cultural Quem Sonha, Poupa!, promovido pela FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos durante a Semana ENEF 2019, realizada entre os dias 20 e 26 de maio, registrou resultados bastante expressivos. A iniciativa alcançou mais de 6,5 milhões de pessoas por meio do site, redes sociais e YouTube.

Somente no site, foram mais de 170 mil visitantes únicos acessando as matérias, vídeo-aulas, e-book e demais conteúdos educativos desenvolvidos para levar informação e estimular a mudança de hábito em relação às finanças. Os dois vídeos do concurso foram assistidos por 220 mil pessoas até meados de junho.

A ação teve como foco jovens adultos que estão iniciando suas carreiras profissionais e, portanto, começam a receber seus primeiros salários. A campanha buscou incentivar essas pessoas a se organizarem para guardar uma parte do que ganham e, assim, realizar seus sonhos e projetos, construir uma reserva de emergência e começar, desde cedo, a se preparar para viver com tranquilidade no futuro.

O fato é que o Brasil possui um dos menores níveis de poupança do mundo, ficando em 101º lugar no ranking global formado por 140 países, segundo dados do Banco Mundial. De acordo com a instituição, apenas 32% dos brasileiros guardaram algum dinheiro em 2017, ano em que foi feita a última pesquisa do Global Findex Database, banco de dados internacional sobre finanças mantido pelo Banco Mundial. Entre os jovens, os indicadores são ainda mais preocupantes: apenas 6% dos brasileiros com até 24 anos de idade poupam.

Quanto mais cedo a poupança for incorporada ao dia a dia das decisões financeiras, maior o patrimônio que poderá ser acumulado ao longo da vida e maiores, também, os efeitos dos juros sobre os investimentos, reduzindo o esforço necessário para conquistar o que se deseja.


Mais de 17 mil concluíram o QUIZ

Realizado em parceria com o CIEE-E e amplamente divulgado pelos principais bancos do país, o concurso mobilizou jovens com 18 a 24 anos de idade para estudar os conteúdos disponibilizados no site e responder a um QUIZ com 20 questões sobre os temas poupança e investimento. No total, 20.326 pessoas se inscreveram e 17.281 completaram o QUIZ até o final.

As 50 que obtiveram a melhor pontuação no critério “maior número de respostas certas no menor tempo”, conforme previsto no regulamento, foram classificadas para a segunda etapa. Para contemplar a diversidade e a amplitude de nosso país, foram selecionados 10 participantes por região. Veja a lista completa dos aprovados.

Na fase seguinte, os classificados estão sendo submetidos a uma avaliação qualitativa. Eles enviaram um vídeo inédito, com até dois minutos de duração, contando o que aprenderam participando do concurso, quais são os seus sonhos e o que pretendem fazer para que eles se concretizem. Os 5 melhores colocados – 1 de cada região do país – receberão uma bolsa de intercâmbio no exterior no valor de R$ 20.000,00 cada.


Construção coletiva

O concurso cultural Quem Sonha, Poupa! foi planejado pelo Comitê de Educação Financeira da FEBRABAN, formado por representantes do Banco Central do Brasil e dos principais bancos comerciais do país – Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Itaú e Banco Votorantim.

Juntos, eles planejaram uma ação para engajar e despertar nos jovens o interesse em saber mais sobre a importância de poupar. O trabalho começou com uma oficina de co-criação, com a participação dos bancos, acadêmicos, representantes de outras instituições e jovens que foram convidados a contribuírem com ideias para a ação.

Para saber mais sobre ela, acesse https://quemsonhapoupa.com.br/


Semana ENEF 2019

A Semana Nacional de Educação Financeira – Semana ENEF – é uma iniciativa do Comitê Nacional de Educação Financeira, responsável pela implementação da Estratégia Nacional de Educação Financeira, uma política pública criada em 2010 para disseminar conhecimento e promover a tomada de decisões financeiras conscientes e autônomas na população brasileira.

A cada ano, a Semana ENEF ganha amplitude, com um número cada vez maior de iniciativas de educação financeira articuladas por organizações públicas e privadas em todo o território nacional. Em 2019, foram realizadas mais de 15 mil ações, incluindo palestras, cursos e outras atividades.




Matérias Relacionadas

Por que falar de educação financeira, hoje, no Brasil?

Professor, você pode ser um educador financeiro

Brincar sem Consumir - Educação financeira desde cedo

O que são fundos de investimentos e como escolher?

>

Tudo sobre a poupança