Uma Iniciativa Febraban

Saiba tudo sobre o seguro funerário

Entenda o que é, como funciona, principais coberturas e benefícios do seguro funerário


O falecimento de alguém próximo é sempre uma situação difícil e, além de enfrentar a dor da perda de um ente querido, é preciso lidar também com questões financeiras. Caixão, flores, preparação e transporte do corpo, documentos e serviços funerários são providências necessárias e que envolvem custos.

Fragilizadas nesses momentos, as pessoas nem sempre se sentem à vontade para negociar e, às vezes, acabam sendo vítimas de preços abusivos. Como resultado, gastam além de suas posses e podem acabar entrando em dívidas. Em outras situações, as pessoas mais próximas não têm como arcar com os altos preços dos serviços e precisam recorrer a amigos e familiares distantes.

Por isso, contar com um seguro funerário que cubra essas despesas pode ser uma opção para evitar as complicações financeiras e constrangimentos que podem estar presentes nessas ocasiões. Há no mercado várias opções de produtos que garantem amparo aos familiares, oferecendo desde as coberturas básicas até profissionais que prestam suporte à família, cuidando de todos os trâmites necessários.

Essa modalidade de seguro é comercializada há muitos anos no Brasil, porém, não possuía uma regulamentação específica. Isso mudou a partir de dezembro de 2017, quando foi publicada a Resolução 359 do Conselho Nacional de Seguros Privados, que definiu as regras de funcionamento e os critérios de operação do produto.


O que é o seguro funerário

De acordo com o explicitado na nova lei, o seguro funerário tem por objetivo garantir que os beneficiários recebam uma indenização, limitada ao valor do capital segurado contratado. Essa indenização pode ser feita de duas maneiras: por meio da prestação de serviços relacionados à realização de funeral ou por meio de reembolso das despesas, de acordo com o que estiver estabelecido em contrato.


Principais coberturas

Os planos comercializados pelas seguradoras que operam no mercado podem abranger os seguintes serviços:

  • > Transporte do corpo até o município da residência, caso o falecimento tenha ocorrido em outra localidade.
  • > Tratamento das formalidades para liberação do corpo.
  • > Providências relacionadas à documentação (registro de óbito em cartório).
  • > Atendimento e organização do funeral, sepultamento ou cremação.
  • > Locação ou aquisição de jazigo.

Alguns planos oferecem outros diferenciais, como passagem para um familiar acompanhar o sepultamento e envio de mensagens a pedido dos familiares.


Seguro ou assistência funeral?

O seguro funeral é uma modalidade de seguro de vida e todas as seguradoras autorizadas a operar pela Susep – Superintendência de Seguros Privados podem comercializar o produto com esse nome. Já o auxílio-funeral costuma ser oferecido com um benefício adicional aos clientes, em geral, sem direito à livre escolha, limitando-se aos prestadores de serviços indicados pela seguradora.


Como contratar

Você pode contratar o seguro funeral com o seu corretor de seguros, em seu banco e em funerárias autorizadas pela Susep. Pesquise as opções disponíveis no mercado e, antes de decidir, a dica é ler o contrato com atenção para conhecer detalhadamente o que ele cobre e o que não cobre. Se ficar em dúvida sobre os termos usados no contrato, consulte o Glossário de Seguros da Susep.




Matérias Relacionadas

Não deixe a dengue picar você e o seu bolso

É realmente necessário fazer seguros?

Você está preparado para imprevistos?

O controle de suas finanças na palma da mão