Uma Iniciativa Febraban

Vai prestar concurso público?

Veja como se planejar para buscar oportunidades nessa área

 

No início de fevereiro de 2019 havia 138 concursos abertos em instituições públicas brasileiras, com mais de 14,6 mil vagas a serem preenchidas. As oportunidades incluíam todos os níveis de escolaridade, com salários de R$ 1 mil até R$ 30 mil (veja nesta matéria do G1 a lista completa de concursos, com links para os editais).

Em um país que desde 2014 vem amargando um alto índice de desemprego – segundo o IBGE, em dezembro de 2018 havia 12,2 milhões de brasileiros desocupados – batalhar para conseguir uma carreira estável e bem remunerada no setor público acaba sendo, de fato, uma alternativa.

Se você tem interesse em buscar oportunidades nessa área e é novato no assunto, precisa saber que, para conquistar um lugar entre os aprovados, é necessário fazer um razoável investimento. E não estamos falando só de dinheiro, mas também de tempo e estudo. Por isso, antes de começar a correr atrás, veja algumas dicas que podem aumentar suas chances de sucesso nessa empreitada.

 

   1.      Comece fazendo um bom planejamento

Faça uma pesquisa para descobrir as vagas que já estão divulgadas, considerando tanto aquelas que estão com inscrições abertas quanto as que ainda aguardam a abertura de edital. É preciso começar a se preparar com antecedência, por isso, fique atento. Os sites dos cursinhos preparatórios também costumam antecipar os editais previstos. Selecione as vagas mais adequadas para o seu perfil e avalie:

# Eu tenho afinidade com esse trabalho? Vou gostar de assumir essa função e dedicar um bom tempo da minha vida a ela.

# Eu atendo a todos os requisitos mínimos exigidos no edital?

# Já tenho alguma familiaridade com os conhecimentos que serão testados na prova? Ou vou precisar estudar muito para chegar entre os primeiros colocados

# O salário é adequado às minhas necessidades e expectativas? Terei boas perspectivas de carreira?

# Tenho condições de estar presente nas datas e locais das provas?

# Estou disposto a mudar de cidade ou de Estado, caso preste concurso em outra região e seja aprovado?

 

   2.      Defina seu foco

Ter clareza dos seus objetivos e planejar bem como alcançá-los é fundamental para evitar o desperdício de tempo e recursos. Na hora de definir o foco, o primeiro filtro é o nível de escolaridade exigido pelos organizadores dos concursos: ensino fundamental, médio e superior. Outros filtros importantes são a região em que o trabalho será prestado e tarefas ou atribuições com as quais o candidato deverá se comprometer. Essas informações são apresentadas nos editais.

 

   3.      Faça um plano de estudos

Tendo em vista as vagas às quais pretende se candidatar, verifique o que você precisará fazer para se dar bem na disputa. Se sua ideia é tentar um cargo nos concursos mais concorridos, prepare-se para um período intenso de estudos, especialmente se você não tiver muita familiaridade com os temas que serão exigidos nas provas.

Uma boa maneira de começar esse planejamento é fazendo uma autoavaliação: busque a última prova realizada pelo mesmo concurso e tente resolver as questões. Depois verifique como você ficou em relação à nota de corte. Então, defina sua estratégia de preparação:

# Se você tem disciplina e facilidade para aprender sozinho, vale a pena investir um tempo pesquisando experiências de pessoas que já foram aprovadas em concursos semelhantes e que compartilham suas dicas e métodos pela internet.

#Se você precisa de um apoio para estudar, selecione uma das diversas opções de cursos presenciais e online. É possível encontrar versões customizadas especialmente para o concurso que você irá prestar, com conteúdos específicos.

#Se você não sabe por onde começar ou quer uma ajuda personalizada, uma alternativa é a contratação de um mentor ou coach. Esses serviços são prestados por profissionais com conhecimento e experiência em concursos para o setor público. Eles podem incluir desde um apoio na elaboração do seu plano de estudos até um acompanhamento mais próximo ao longo do período.

Caso o edital já esteja aberto, o seu tempo de preparação será menor. Por isso, pondere se será viável absorver todo o conteúdo dentro do prazo.

 

   4.      Prepare o bolso

A tranquilidade financeira vai te ajudar muito a manter o foco nos estudos. Por isso, antes de começar, organize seu orçamento e preveja todas as despesas que terá pela frente. Contabilize os seguintes valores:

# Inscrições: nos concursos abertos atualmente, o custo de inscrição fica abaixo dos R$ 100,00, mas ele pode chegar a R$ 300,00 para cargos com curso superior.

# Curso preparatório: caso opte por fazer um, veja os valores dos cursos nos sites das escolas. Geralmente, ele varia de acordo com a carga horária, a instituição e se é presencial ou online. Os cursos presenciais geralmente custam mais.

# Livros e apostilas: os preços são divulgados na internet, mas é possível fazer economia estudando em casa. Há várias instituições que fornecem gratuitamente o material didático. Algumas delas: Rede de Cursos, Concurso Virtual, Só Matemática, Gramática Online, Ok Concursos, Estude Grátis. Faça uma busca para encontrar outras.

# Mentoria ou coaching: caso pretenda contratar esses serviços, faça um orçamento prévio com o profissional que escolher.

# Despesas de viagem: se houver a necessidade de viajar para fazer as provas, quanto gastará com passagens, hospedagem e alimentação.

# Reserva financeira: se você ficar sem trabalhar durante a preparação, preveja como irá se sustentar nesse período e por quanto tempo conseguirá manter essa situação.

 

   5.      Cuide da sua saúde mental

Com o planejamento feito, esteja consciente das dificuldades que podem surgir: imprevistos, falta de dinheiro, baixa motivação, alguma doença no meio do caminho, reprovação... Depois de tanto esforço, pode ser difícil lidar com essas situações se você não estiver preparado para elas.

Reserve momentos para o lazer, para a prática de exercícios físicos, alimente-se bem e adote outras medidas que ajudem a aliviar o estresse. Afinal, a tensão pode prejudicar sua memória, sua capacidade de aprender e até mesmo o desempenho na hora da prova. Veja algumas dicas na matéria Viver mais e melhor.

 

   6.      Tenha uma carta na manga

Tenha clareza que, mesmo fazendo um bom planejamento, tendo foco e dedicação para estudar, há a chance de não ser aprovado. Afinal, a disputa é grande. Um exemplo: as 11 vagas de técnico de administração abertas pelo Ministério Público da União, no ano passado, foram disputadas por mais de 190 mil concorrentes, ou seja, mais de 17 mil candidatos por vaga.

Ter a noção dessa realidade é importante para já começar a pensar em um plano B. Colocar todos os ovos em uma única cesta, por um período muito longo, pode dificultar a volta ao mercado de trabalho. Por isso, dedique o tempo e o esforço necessário para ser competitivo nos concursos, mas procure ter uma carta na manga.





Matérias Relacionadas

Profissões novas ou curiosas para você se inspirar

Quer começar um negócio e não sabe qual?

Você tem fôlego financeiro?

O controle de suas finanças na palma da mão

Viver mais e melhor

Afastamento do trabalho e impactos na sua saúde financeira